Filmes e Séries sobre Tecnologia e Segurança (Parte III)

Continuando os posts anteriores (post I e post II), aqui estão alguns filmes e séries que retratam um pouco sobre o complexo mundo da tecnologia, mais exatamente sobre redes, internet e segurança da informação.

*Alerta: contém spoilers!

Privacidade Hackeada / The Great Hack (2019)

Por que assistir?
Documentário que retrata o escândalo da Cambridge Analytica / Facebook, relacionado ao Brexit e à eleição presidencial dos EUA, em 2016.

Você não precisa ser um cidadão inglês ou americano para ter ouvido falar da empresa de análise de dados e inteligência chamada Cambridge Analytica (Londres – UK), que se tornou mundialmente conhecida ao trabalhar em campanhas políticas, especialmente do atual presidente dos EUA, Donald Trump, e da manobra política de saída do Reino Unido da União Europeia, conhecida como Brexit (junção das palavras inglesas British + exit). A empresa, que decretou falência em 2018, foi acusada de usar informações pessoais de mais de 50 milhões de pessoas, através da coleta de dados, inclusive privados, de redes como o Facebook, Google, Twitter, Instagram e WhatsApp. No documentário, são apresentadas as histórias de Chris Wylie, que trabalhou na CA e foi um dos denunciantes no uso indevido de dados do Facebook pela CA, Brittany Kaiser, ex-diretora da CA que se tornou peça chave na investigação, David Carroll, um professor universitário que processou a CA para que ela revelasse quais dados tinha sobre ele e da jornalista Carole Cadwalladr, responsável pela exposição deste escândalo.

The Social Dilemma / O Dilema das Redes (2020)

Por que assistir?
Documentário faz um alerta às redes sociais, que podem ter um impacto devastador sobre a democracia e a humanidade onde o usuário é o seu produto.

Este documentário, recém lançado, não chega a apresentar uma grande novidade, mas, deixa bem claro que tudo o que você faz na Internet, especialmente nas redes sociais, está sendo observado, analisado, medido e, claro, registrado. O que e como você escreve, o que você se interessa (clica ou pára a rolagem para observar), quanto tempo você assiste um vídeo ou olha para uma imagem, ou seja, todas as suas ações, inclusive as que você nem tem ideia que sejam um ponto a ser observado e medido, é usado para algum tipo de prática de aproximação, convencimento e manipulação. O documentário, que conta com a participação e depoimentos de nomes como Tristan Harris (ex-Google) e Jeff Seibert (ex-Twitter) ainda faz um outro alerta bem polêmico, que as redes sociais podem ter um impacto devastador sobre a democracia e a humanidade, além da afirmação cada vez mais popular que se você não está pagando por um produto, então você é o produto!

The Social Network / A Rede Social (2010)

Por que assistir?
Filme descreve a história do americado Mark Zuckerberg e do brasileiro Eduardo Saverin e a fundação do Facebook.

A Rede Social conta a história do Facebook, uma das maiores e mais importantes redes sociais do mundo, que surgiu dentro da Universidade de Harvard, no início dos anos 2000. O filme destaca que a ideia inicial do sistema, criado por Mark Zuckerberg, depois do término do seu namoro, era de avaliar (comparar) as estudantes da faculdade, por isso o nome original “The facebook” (algo como o livro de rostos). Ao perceber que ali surgia uma grande ideia, Mark, ponto principal da história, convida seus colegas, Dustin Moskovitz, Chris Hughes e, principalmente, o brasileiro Eduardo Saverin, para se aliarem ao projeto. Logo após, entra em cena o conhecido Sean Parker (criador do famoso software de compartilhamento de arquivos – em especial, músicas – o Napster), que contribui com uma grande intriga entre Mark e Eduardo. O filme também relata a briga judicial entre Zuckerberg e os outros possíveis fundadores da plataforma.

The Imitation Game / O Jogo da Imitação (2014)

Por que assistir?
Filme conta a história de Alan Turing e sua máquina para quebrar códigos alemães durante a Segunda Guerra Mundial.

O filme é uma cinebiografia de Alan Turing, um matemático, criptoanalista e cientista da computação britânico, considerado o “pai da computação”. Em 1939, durante a Segunda Guerra Mundial, a MI6, agência de inteligência britânica monta uma equipe especializada com o objetivo decifrar os códigos de guerra criptografados da Enigma, da Alemanha nazista. Alan, um matemático de 27 anos, aluno da Universidade de Cambridge, que tem problemas de relacionamento, resolve construir uma máquina (conhecida como a Máquina de Turing) para auxiliar nesta missão. Junto da equipe, que incluía a criptoanalista Joan Clarke, que viria a se tornar sua noiva, ele constrói a máquina, que ajuda a salvar milhões de vidas. Alguns anos depois, em 1952, Alan foi condenado pelas autoridades por ser homossexual. Em 2009, 55 anos após sua morte, o governo do Reino Unido, depois de uma petição criada por ativistas, pediu desculpas formais pelo tratamento preconceituoso e desumano dado a Alan.

O ator que interpreta Alan Turing (Benedict Cumberbatch) também interpretou Julian Assange, fundador do site WikiLeaks, no filme O Quinto Poder de 2013, que também teve seu nome envolvido no escândalo da Cambridge Analytica.

Her / Ela (2013)

Por que assistir?
Filme destaca a solidão humana e sua crescente dependência pela tecnologia.

Num futuro não muito distante, Theodore, um escrtitor solitário, compra um novo sistema operacional para seus equipamentos (computador, celular e outros gadgets), chamada de Samantha, que é um sistema orientado por inteligência artificial e funciona como uma assistente virtual digital, exatamente como a Siri da Apple ou a Cortana da Microsoft (para não citar o Google Assistant – “Hey, Google!”). Com o tempo, Theodore acaba se apaixonando pela Samantha e uma relação amorosa totalmente incomum surge entre os dois.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.