LinkedIn – Dicas para um perfil campeão

Sabe o LinkedIn? Aquele site de empregos?
Se a tua resposta for algo como “sim, sei!”, este post é para você!

Primeiramente, o LinkedIn não é um site de empregos, que você deve acessar ou atualizar somente quando está procurando por uma nova oportunidade de trabalho como, em geral, fazemos com nosso curriculum e com sites de classificados de empregos. O LinkedIn, que numa tradução livre refere-se à algo como “ligado em” (linked in), é uma rede social profissional, voltada aos negócios, ao mercado de trabalho. Um ponto interessante do LinkedIn, hoje pertencente a gigante Microsoft, é que ele é considerado uma das primeiras redes sociais do mundo, lançado no ano de 2003, antes mesmo do finado Orkut, lançado em 2004 e que ganhou o Brasil a partir de 2005.

Resumindo, o LinkedIn é uma ótima ferramenta para você manter seus contatos profissionais (networking) mais próximos, se auto-promover (falar do seu trabalho, mostrar seus projetos ou compartilhar suas ideias) e manter-se atualizado com notícias, artigos e até cursos relevantes à sua profissão e à sua carreira.

Recentemente tive a oportunidade de participar do LinkedIn Day, aqui na Contabilizei (Top Startups LinkedIn) e, por isso, resolvi escrever algumas dicas de como utilizá-lo melhor e ter um perfil campeão:

1 – Dados atualizados

A primeira dica parece até brincadeira, mas, não é, afinal, muita gente não mantém seus dados atualizados nem mesmo em seu curriculum. É extremamente importante que a empresa onde você trabalha, seu cargo, sua formação, suas experiências, cursos e certificações, além de seus dados de contato, estejam sempre atualizados. Isso, além de destacar seu desenvolvimento profissional, ajuda que algoritmos de pesquisa destaquem o seu perfil e também o da sua empresa. Lembre-se que o perfil do LinkedIn pode ser a primeira apresentação que um recrutador terá de você.

2 – Foto selecionada

Escolha aquela foto bem iluminada, onde você está bem posicionado, que o seu rosto esteja em destaque e, dê preferência, que você esteja feliz! É muito importante verificar se sua foto está com acesso público, não somente para a sua rede de contatos, pois, um antigo colega ou aquele contato que você fez em um curso, pode não lembrar de você apenas pelo seu nome.

Recebi o convite acima e, como não consegui identificar a pessoa (que tem um nome bem comum), não aceitei a conexão.

Não use fotos informais (festas, por exemplo), que você não esteja em destaque (olhando para baixo ou muito distante) ou fotos acompanhada de outras pessoas. Se ainda tiver dúvidas, vale a pena conferir este artigo.

A imagem de fundo do seu perfil também pode ajudar! Neste link, separei algumas imagens bacanas que você pode usar em seu perfil (todas são de uso gratuito).

3 – Resumo caprichado

Ainda falando sobre manter seus dados atualizados, criar um bom resumo sobre você, sua carreira e suas experiências é uma ótima maneira de valorizar ainda mais o seu perfil e de contribuir com os algoritmos de pesquisa. Portanto, dedique-se em fazer um resumo caprichado e tenha muito cuidado com a ortografia. Caso queira, você também pode criar o seu perfil em idiomas secundários, conforme as instruções deste link.

4 – URL personalizada

Uma dica simples e muito importante é editar a URL do seu perfil, tornando-a mais amigável, como a minha, por exemplo: https://www.linkedin.com/in/daniel-scota/. Para efetuar esta personalização, você deve editar seu perfil público, conforme instruções deste link.

5 – Use o LinkedIn

Lembre-se que o LinkedIn é uma rede social profissional, portanto, use-o!
Adicione colegas e ex-colegas de trabalho;
Conecte-se ou siga pessoas que trabalham no mesmo ramo que você ou que possuam interesses comuns;
– Faça parte de grupos do seu interesse e siga empresas que você admira;
– Recomende e solicite recomendações (experiências e competências);
– Faça publicações (posts) relevantes, como sobre algo que você aprendeu em um curso ou sobre algum problema resolvido e que pode ajudar outras pessoas e, se você se sentir à vontade, escreva um artigo (como este, por exemplo);
Interaja com seus colegas, com a sua empresa (se é que ela usa o LinkedIn) e com suas conexões: comente nos posts de colegas; parabenize-os por um novo emprego; compartilhe algo que possa contribuir com sua rede; compartilhe posts da sua empresa (como de vagas de trabalho, novos projetos ou prêmios recebidos), etc.

Confira a eficácia do seu perfil

E, por fim, você pode conferir qual é a eficácia do seu perfil (da sua marca pessoal) através do LinkedIn SSI (Social Selling Index), que é um indicador que avalia e compara o desempenho dos usuários (valor que vai de 0 até 100)

 

*Com referências de: Rock Content – Dicas de SEO para o LinkedIn, Andrio Ferreira – Perfil Campeão. Dica do SSI feita pela minha colega Marihelen Santos.

Leave a Reply

Your email address will not be published.

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.