Construindo sua carreira – O papel do coordenador

Nessa quarentena, tive o prazer de participar do webinar “Construindo sua carreira”, promovido pela Contabilizei. Junto ao Leandro Schiavini, coordenador de sistemas, e do time de gestão de pessoas, batemos um papo sobre a carreira em Y, abordando o dia a dia e a importância do papel do coordenador na companhia.

Neste post, compilei alguns dos pontos discutidos e diversas dicas sobre o assunto, incluindo aquelas que acabaram não indo pra live, que durou cerca de 1,5 hora.

Visão sobre carreira

Uma carreira não é construída da noite para o dia, afinal, ninguém se desenvolve ou adquire a experiência necessária para exercer algo com excelência em pouco tempo. É preciso ter paciência e perseverança naquilo que se deseja alcançar. Ayrton Senna, Neymar Jr. e tantos outros, não se tornaram bons naquilo que faziam / fazem em apenas um mês ou um ano! Além disso, é muito comum encontrar pessoas que só descobriram uma habilidade em especial ou o caminho que gostariam de seguir, depois de muitos anos de trabalho. E, por fim, lembre-se: a carreira profissional é sua, somente sua! Não espere pela sua empresa, pelo seu líder ou por uma nova oportunidade de emprego para dar atenção a ela.

Visão sobre sucesso

Sucesso é algo pessoal, afinal, cada um pensa de uma maneira diferente sobre o que é realmente ter ou alcançar o sucesso. Para alguns, sucesso é ganhar muito dinheiro ou concluir um projeto importante. Para outras, é ajudar as pessoas de alguma maneira ou, simplesmente, ser feliz naquilo que faz.

As soft skills são tão importantes quanto as hard skills

Especialmente na área de liderança, as habilidades comportamentais (soft skills) são ainda mais importantes que as habilidades profissionais ou técnicas (hard skills). Ter habilidade em resolver um conflito ou auto-motivação é tão importante como ter uma certificação em uma determinada competência técnica.

As pequenas coisas são tão importantes quanto as grandes coisas

Entender o porquê você está fazendo determinada coisa e qual a importância disto é vital para que você valorize e compreenda a importância desta ação dentro de um objetivo maior. Na fábula dos três pedreiros, um homem pergunta a três pedreiros de uma grande obra o que cada um está fazendo. O primeiro responde que está misturando argamassa. O segundo pedreiro responde que está levantando uma parede. E, por fim, o último pedreiro responde, com orgulho, que está construindo uma Catedral.

A importância da cultura  

Toda empresa é feita de pessoas. Se a empresa é “assim ou assado”,  é por que as pessoas de lá são assim. A cultura afeta toda a empresa, afinal, ela é o coração dela. Não podemos deixar de citar uma frase bem conhecida na Contabilizei: “a cultura engole a estratégia no café da manhã” (Peter Drucker).

Seja autêntico e assuma suas dificuldades

Você pode atuar, esconder alguma característica comportamental, resolver alguma situação de alguma maneira diferente do seu tradicional, mas, a verdade é que você é quem é, e hora ou outra você precisará ser você mesmo. É importante que você esteja disposto a melhorar e a se desenvolver, todos os dias, mesmo que, para algumas coisas, isso demore mais que o esperado. Entender e assumir as suas dificuldades facilita bastante este caminho para o desenvolvimento. 

Questões discutidas:

O que foi mais difícil ao assumir uma cadeira de coordenação?
– Entender que o que me tornou um coordenador não me garantiria nesta posição;
– Deixar de fazer o técnico e passar a fazer a gestão da área;
– Que as entregas (resultados) agora dependiam do time e não somente de você;
– Realizar as famosas “conversas difíceis”, como resolver um conflito do time, dar um feedback negativo, desligar alguém ou alterar responsabilidades.

Quais são os principais desafios para uma cadeira de gestão de pessoas?
– O grande desafio é o de lidar com pessoas;
– Alinhar o lado humano x resultados: você não pode resolver todos os problemas e precisa contar com sua equipe (que contará com você), afinal, ela pode não estar preparada para encarar um novo projeto ou um novo objetivo da companhia;
– Dar feedbacks constantes a equipe: conhecer, compreender, preocupar-se e confiar em cada um;
– Estar disposto a se auto desenvolver diariamente, principalmente suas soft skills (as hard skills já não são mais tão importantes agora);
– Recrutar pessoas e desenvolver sua equipe;

Como você coloca em prática o atributo futuro?
– Desenvolvendo e mantendo um mapeamento completo do seu setor;
– Estando atento aos objetivos e ao crescimento da companhia;
– Otimizando processos que podem trazer resultados mais ágeis;
– Investindo em ferramentas de apoio e construindo uma documentação forte;
– Sendo proativo e antecipando problemas;
– Olhando para o amanhã, não somente para o objetivo final (mais distante).
Eu gosto da expressão “E se…
…E se aquele sistema / servidor der problema?
…E se o responsável por isso tiver um imprevisto?

Case de Futuro – Como a Infraestrutura se virou para resolver o problema da quarentena do COVID-19?
Estávamos atentos ao cenário da COVID-19. Quando as cidades/países começaram a entrar em quarentena, nós nos antecipamos e nos reunimos para listar o que precisaria ser feito, onde teríamos problemas (como a falta de equipamentos) e o que poderíamos fazer para melhorar todo o processo de saída do escritório, quando e se isso acontecesse. Como o trabalho remoto já era possível devido a toda a estrutura, processos e cultura da companhia, a saída do escritório para o home office foi rápida e eficiente. Alguns pequenos ajustes posteriores garantiram que toda a operação da companhia trabalhasse remotamente.

Como você coloca em prática o atributo relacionamento?
– Desenvolvendo constantemente a habilidade em lidar com pessoas;
– Construindo e mantendo um bom networking;
– Realizando benchmarkings: alguém tem uma solução? alguém pode ajudar?
– Entendendo que, em uma empresa, todos estão no mesmo barco, em busca de um mesmo objetivo, portanto, quanto mais parcerias existirem entre os times e áreas da cia, mais fácil será o trabalho de todos.

Case de Relacionamento – Como ter um departamento de Infraestrutura elogiado pela companhia?
Eu sempre ouvi a expressão: “a TI da minha empresa é muito ruim”! O desafio era mudar essa visão e desenvolver um departamento ágil e reconhecido por um atendimento eficiente. Na companhia, investimos em uma equipe qualificada, em recursos e ferramentas de apoio. Rodamos algumas pesquisas internas e identificamos as principais deficiências da estrutura. Além disso, fomos buscar em outras empresas (benchmarking), métodos e ferramentas para nos ajudar. Em alguns meses, todas as deficiências identificadas estavam resolvidas, muitos processos otimizados e algumas ferramentas já nos traziam um melhor gerenciamento da área.

Como você coloca em prática o atributo de liderança?
– Realizando reuniões diárias e semanais para distribuir e acompanhar as atividades da área;
– Acompanhando e desenvolvendo a equipe através de 1:1, feedbacks constantes e outros métodos;
– Comunicando a visão da companhia e os resultados;
– Incentivando o desenvolvimento das soft skills, de talentos e até de sucessores.

Livros recomendados para aqueles que buscam a carreira de gestão de pessoas ou de desenvolver o seu auto-gerenciamento:
– Quem mexeu no meu queijo? – Spencer Johnson
– Pipeline de liderança – Ram Charan
– O Poder do Hábito – Charles Duhigg