Linux – Network Config Files

Como qualquer ajuste no Linux pode ser realizado através de um algum arquivo de texto (os famosos .conf), as configurações de rede não são diferentes. Neste post estão algumas anotações e os principais parâmetros destes arquivos.

No Linux Ubuntu Server / Debian, o arquivo de configuração das interfaces de rede é o:
/etc/network/interfaces

Eis abaixo uma configuração aplicada em um servidor Ubuntu / Debian com 2 placas de rede, sendo:

  • Interface 1 – eth0: LAN, com IP privado classe C (192.168.0.0/24)
  • Interface 2 – eth1: WAN, com IP público de máscara /29 (200.150.10.0/29)
# The loopback network interface
auto lo
iface lo inet loopback

# The primary network interface - LAN
auto eth0
#iface eth0 inet dhcp (Enable if DHCP Client)
#allow-hotplug eth0 (Config Debian)
iface eth0 inet static
address   192.168.0.1
netmask   255.255.255.0
network   192.168.0.0
broadcast 192.168.0.255

The secondary network interface - WAN
auto eth1
iface eth1 inet static
address   201.150.10.2
netmask   255.255.255.248
network   201.150.10.0
broadcast 201.150.10.7
gateway   201.150.10.1
# dns-* options are implemented by the resolvconf package, if installed
dns-nameservers 200.175.5.139 200.175.8.139
dns-search domain.local

*Os parâmetros network e broadcast não são obrigatórios!

No Ubuntu, as configurações de DNS (servidores de resolução de nomes) devem ser inseridas no próprio arquivo /etc/network/interfaces, usando o parâmetro dns-nameservers. O sistema então configura os endereços inseridos no arquivo default de DNS, o /etc/resolv.conf. Se você acessar este arquivo (abaixo) pode conferir a mensagem que ele não deve ser alterado manualmente e que qualquer alteração será perdida.

# Dynamic resolv.conf(5) file for glibc resolver(3) generated by resolvconf(8)
# DO NOT EDIT THIS FILE BY HAND -- YOUR CHANGES WILL BE OVERWRITTEN
nameserver 192.168.0.10
nameserver 192.168.0.11

O fato é que o resolv.conf é o arquivo responsável pela configuração dos endereços de DNS do Linux e, basicamente, ele possui apenas o parâmetro nameserver e em seguida o endereço IP dos servidores de DNS do sistema, como:

search domain.local localhost
nameserver 8.8.8.8
nameserver 8.8.4.4

 

No Raspbian, uma distribuição baseada em Debian para Raspberry PI, o arquivo de configuração das interfaces de rede é o:
/etc/network/dhcpd.conf

Eis abaixo uma configuração aplicada em uma Raspeberry para que a rede cabeada tenha um IP fixo:

interface eth0
static ip_address=192.168.0.11/24
static routers=192.168.0.1
static domain_name_servers=192.168.0.1

Outros arquivos de configuração de rede:

Interfaces de rede do CentOS:
/etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-ethx

Configuração padrão do Linux dos servidores DNS (pode estar dentro do interfaces também):
/etc/resolv.conf

Entrada manual de DNS do Linux:
/etc/hosts

Entrada manual de DNS no Windows:
c:\Windows\System32\drivers\etc\hosts

No link abaixo, separei os arquivos originais de configuração de rede e hosts do Linux Ubuntu Server, Raspbian e também do Windows 10, além de uma coletânea de servidores DNS bem populares.

Confira em: https://daniel.scota.com.br/downloads/network-files/

 

*Com informações de: Debian – Network ConfigurationGuia do Harware – Configuração de Rede, Linux Ubuntu 18 – Network Manager.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.